Quero o meu PSA?

   O PSA (antigénio específico da próstata) é uma enzima produzida pela próstata e libertada no líquido seminal, cuja função é fluidificar o esperma. Apesar de o seu nome indicar que é específico da próstata, o PSA pode ser produzido em pequenas quantidades por outras glândulas.

 

   Embora seja um marcador tumoral, um valor aumentado de PSA não é sinónimo de cancro da próstata, contrariamente ao que habitualmente se pensa. O PSA pode estar aumentado por muitos outros motivos, nomeadamente devido a um aumento benigno do tamanho da próstata, a uma inflamação do seu tecido ou manipulação externa por biópsia ou toque retal.

 

   O cancro da próstata é habitualmente uma neoplasia com evolução lenta, de tal forma que, por vezes nos utentes mais idosos, nem chega a causar problemas durante os anos de vida restantes.

 

   O rastreio populacional do cancro da próstata (pedir PSA a TODOS os homens assintomáticos e sem história de cancro na família) está associado a um excesso de diagnóstico e consequente excesso de tratamento com cirurgias desnecessárias, radiações e castração médica. Como tal, o rastreio populacional deste tipo de cancro não está recomendado.

 

   O que está recomendado é o chamado rastreio oportunístico. Este consiste num pedido do PSA após considerar as caraterísticas individuais do utente, a sua história familiar, achados ao toque retal (realizado por um médico experiente) e após explicação e compreensão dos riscos e benefícios deste tipo de rastreio. Assim sendo, o toque retal com posterior pedido de PSA pode ser realizado aos utentes assintomáticos com idades compreendidas entre os 55 e os 70 anos, desde que estes compreendam e aceitem os riscos e benefícios deste tipo de rastreio. No caso de homens com história familiar de cancro da próstata, o toque retal e pedido de PSA pode ser realizado a partir dos 45 anos. Em homens com idade compreendida entre os 70 e 75 anos, a deteção precoce (rastreio oportunístico) só deve ser realizada quando o doente apresenta bom estado geral e uma esperança média de vida superior a 10 anos, pois este é o tempo que um cancro da próstata poderá demorar a desenvolver-se.

 

Teresa Moura Bastos

(Médica Interna do 4º ano de Medicina Geral e Familiar)

 

Com base na Norma de Orientação Clínica 060/2011 “Prescrição e Determinação do Antigénio Específico da Próstata – PSA”, datada de 29/12/2011 e atualizada a 01/08/2014

Please reload

Artigos Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Pesquisar por Tema

FUNCIONAMENTO

Serviços Administrativos ACeS

SEGUNDA a SEXTA

08:00 - 18:00

 

Serviços de Saúde

CDP e ECL

SEGUNDA a SEXTA

09:00 - 17:00

Unidades/Serviços do Centro de Saúde de Oliveira de Azeméis

 Consultar

ENDEREÇO

Rua Professor Ângelo Fonseca, 186

Lações de Cima

3720-287 Oliveira de Azeméis

aces.aveironorte@arsnorte.min-saude.pt

TEL

+351 256 664 070

FAX

+351 256 664 081

ESCREVA PARA NÓS:​

CONECTE-SE CONNOSCO:​​

  • w-facebook
  • YouTube Clean
  • w-googleplus

ACES EDVII Aveiro Norte © 2014 | Todos os Direitos Reservados                                                             

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now